Translate

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Uma cheiradinha, uma esfregadinha - Clitoria fragrans Small 1926

Tão diversas quanto as associações entre a forma da genitália masculina e espécies deste planeta, a forma feminina não fica nenhum pouco atrás!
Depois de uma rapidinha com Phallus, agora é a vez de cheirar Clitoria.

Apesar do pênis e do clitóris terem a mesma origem embrionária, não é o caso destes grupos. Enquanto Phallus é um cogumelo, Clitoria se trata de uma planta. E, como boa parte  das plantas, os aromas se destacam! Conheça Clitoria fragrans Small 1926!


Clitoria fragrans Small 1926 (Angiospermae: Fabaceae)

Clitoria fragrans. Fonte: Billy Boothe
Etimologia:
Clitoria
= clitóris.
fragrans = fragrância, cheiro, perfume.

-
"Fragrância de clitóris" Clitoria fragrans é uma planta leguminosa endêmica da Flórida, EUA, descrita por John Kunkel Small e conhecida como sweetscented pigeonwings

De porte herbáceo ou sub-arbustivo, não chega a mais do que um metro de altura. Possui hastes lisas verdes com tendência ao lilás e folhas alternadas em forma de lanças arredondadas.
Ok, mas se a planta em si não tem nenhum formato especial, por que esse nome?

A descrição de espécies na botânica leva em consideração diversos aspectos gerais morfológicos e, mais atualmente, genéticos. Porém, a maior parte do detalhamento e especificação taxonômica se concentra na morfologia das partes reprodutivas, flor e fruto.


A inflorescência de C. fragrans possui duas flores lilás de até 5 cm cada, muito perfumadas. As flores possuem manchas rosadas no centro e um ponto branco logo abaixo. Como mostra a imagem, a parte reprodutiva no centro é virada para baixo e protegida por pétalas curvas, lembrando um clitóris humano envolvo por pequenos e grandes lábios. 

Entre as plantas, é muito comum observar esta estratégia reprodutiva de forte odor e pétalas em formatos que criem obstáculos para prolongar a estadia dos insetos e aumentar as chances de sucesso reprodutivo. Com essa tática, após sentirem o odor da flor, os insetos são atraídos e se esfregam por mais tempo, transferindo pólen e auxiliando na reprodução cruzada.

O fruto de C. fragrans é um legume de até 5 cm de comprimento, com até 9 sementes avermelhadas. As sementes são pegajosas e grudam nos animais que encostam nela, sendo dispersadas dessa forma.

O gênero Clitoria possui cerca de 150 espécies descritas, sendo que 29 destas ocorrem em território brasileiro.

Infelizmente, C. fragrans está ameaçada devido à pressão ocasionada pela fragmentação e destruição destes ambientes para dar lugar a plantações e residências, que pode ser fatal quando consideramos sua ocorrência muito restrita aos cordões arenosos da Flórida.

No Brasil, há 8 espécies endêmicas de Clitoria que também merecem atenção especial:
C. cearensis Huber = endêmica da Caatinga. 
C. irwinii Fantz = endêmica do Cerrado. 
C. mucronulata Benth. = endêmica da Amazônia. 
C. obidensis Huber = endêmica da Amazônia. 
C. selloi Benth. = endêmica da Mata Atlântica. 
C. snethlageae Ducke = endêmica da Amazônia.      
C. stipularis Benth. = endêmica da Amazônia e Caatinga.  
C. tunuhiensis Fantz = endêmica da Amazônia e Caatinga. 

Clitoria de diversos lugares, formas e tamanhos!

Clitoria pode ser específica (endêmica), ter fragrância forte (fragrans), ser cearense (cearensis) ou pequena (mucronulata). A verdade é que há muito para se aprender com estas espécies de localização tão específica!


Referências:

Hall, David W. 1993. Illustrated plants of Florida and the coastal plain. Gainesville: Maupin House.
Radford, A. E.; Dickison, W. C.; Massey, J. R.; Bell, C. R. 1974. Vascular plant systematics. New York: Harper and Row.Rando, J. G.; Souza, V. C. 2013. Clitoria. In; Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/floradobrasil/FB22883.
Silva, M. F.; Souza, L. A. G.; Carreira, L. M. A. 2004. Nomes populares das Leguminosas do Brasil. Manaus: Edua.

Autoria: Bianca P. Vieira, 2013 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por enviar seu comentário!